Nª Srª do Amparo

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO culto a Nossa Senhora do Amparo remonta aos finais do séc. XVI ou princípios do séc. XVII, altura em que se construiu a sua ermida no Casal das Machadas (Montes de Santo Varão). A tradição popular registou a sua edificação e culto relacionado com promessas do fundador como reconhecimento da proteção conferida em acidente marítimo. A presença da âncora numa das mãos da escultura pode ajudar a justificar este motivo. De acordo com Correia Góis, testemunhos tradicionais asseguram que a antiga imagem já possuía âncora.

O momento solene das manifestações sacro-profanas em louvor da “Virgem dos desamparados” (que ocorrem sempre no período Pascal), organizadas pelo Apostolado de Nossa Senhora do Amparo e por uma comissão de festas anualmente escolhida, coincide com a presença da imagem na Igreja Matriz para veneração e cumprimento de promessas.

Programa das Festas

Domingo de Páscoa: Visita Pascal (entrada do Senhor Ressuscitado em todas as casas da aldeia). À noite, Procissão das Velas, que conduz a venerada imagem para a Igreja Matriz. Lançamento de vistoso fogo-de-artifício.

Segunda-feira de Páscoa: Procissão solene de regresso à capela no Monte. Atuação de bandas filarmónicas da região.

Terça-feira de Páscoa: Dia da Família Santovaronense – Tradicionais merendas no Pinhal , junto à capela, com a participação de grupos de “Zés Pereiras” do Minho (tambores e gaitas de foles).

Deixar uma resposta