Festa de Natal do CBM

Como é habitual vai realizar-se no próximo dia 22 de Dezembro a tradicional festa de Natal, no Centro Beira Mondego, em Santo Varão.

Com um programa diversificado, contará com a apresentação  de Filipe Lima e Teresa Roxo e com a presença do grupo de teatro profissional ADN de Palco.

Também o grupo da Catequese apresentará o seu reportório composto por representações, música e dança.

Seguir-se-à um lanche convívio e finalmente o Pai Natal fará o seu aparecimento para a distribuição de presentes a toda a criançada.

Com um espectáculo tão diversificado não há razão para a comunidade santovaronense ficar em casa. Apareçam, pois!

Reabertura do Bar do CBM

É já no dia 15 de Dezembro que o bar do Centro Beira Mondego vai abrir de novo as suas portas, depois de um período de interregno.
A nova gestão vai apostar, para além de um serviço de cafetaria e bebidas variadas, numa variedade de doçaria conventual.
O horário de funcionamento diário irá das 9h30m até às 22h.

Feira de S.Martinho, molhada mas animada…

Tal como foi amplamente divulgado,realizou-se nos dias 10 e 11 de Novembro a tradicional Feira de S. Martinho, em Santo Varão. Desta feita, o S. Pedro, zangado com o S. Martinho, não ajudou à festa e, como tal, as condições climatéricas deste fim de semana não foram benéficas para o evento. Apesar de tudo e, com toda a dose de resiliência possível, a feira cumpriu os seus objetivos, já que a população e forasteiros compareceram de bom grado, fizeram as suas compras e animaram o recinto.

     

Noutra vertente, o almoço convívio foi bem sucedido, já que cerca de 100 convivas encheram por completo as salas, gentilmente cedidas para o efeito, pela direção do Centro Social Paroquial de Santo Varão.

Também a tasquinha, a cargo da Comissão de Festas de N.S. Amparo, recebeu a visita de muitos comensais que, ao longo dos dias, degustaram os saborosos petiscos que aí se encontravam.

    

Mais de lamentar foi a destruição das tendas causada pelo forte vento que se fez sentir na noite de 6ª feira.

Uma palavra de reconhecimento às instituições locais e à artesã Rute Moreira pois,  mesmo com as condicionantes climatéricas, marcaram presença e contribuíram para a dinamização da feira.

Em jeito de rescaldo podemos, contudo, fazer um balanço positivo da mesma, formulando votos para que, para o ano, o S. Pedro faça as pazes com o S. Martinho !.

11 de Novembro, dia de S. Martinho e/ou de Santo Varão?

Aproxima-se o dia 11 de Novembro que é tido pela Igreja Católica como o dia de S. Martinho.

É este santo, há muitos anos a esta parte, considerado como o orago de Santo Varão. No entanto, nem sempre foi assim. De facto, no Inquérito paroquial de 1721, pode ler-se haver na Igreja Matriz de Santo Varão ” a imagem do Bem Aventurado Sam Varam tida e havida por milagrosa pelos muitos milagres que obra em Coimbra Tentugal e muitas outras mais terras vezinhas”. Porém, não há qualquer referência  a  S. Martinho,enquanto patrono.

Também  o Inquérito Paroquial de 1758 refere ser seu orago “O glorioso Bispo São Verão, cujo feliz tranzito se festeja nesta Igreja no seu dia de onze de Novembro“. Continua a não haver referência a S.Martinho.
Também Pinho Leal, na sua obra “Portugal Antigo e Moderno”, em 1878, se refere aquele orago.

Então, em dia de feira/convívio por que não homenagear Santo Varão?

                             a do Sam Varam a que aludem os documentos

 

 

Ano Europeu do Património Cultural

Terminaram ontem, no concelho de Montemor-o-Velho, as Jornadas culturais inseridas nas comemorações do Ano Europeu do Património Cultural. Como foi divulgado, a Liga de Amigos de Santo Varão participou neste evento com uma exposição sobre o património local, com a qual pretendeu sensibilizar a população para a importância e necessidade de preservação do mesmo. Este objetivo levou-nos a  recordar as tradicionais técnicas agrícolas, onde se destacaram a charrua e o semeador manuais. Revisitámos o velho rio Mondego, no qual o barco de transporte ou de pesca era o rei e onde as mulheres davam cor à sua roupa!l. Também invocámos as memórias ligadas a este espaço, onde funcionou durante bastantes décadas a  escola primária, frequentada por muitos dos habitantes de Santo Varão : a velha carteira, os manuais, as sacolas, a lousa, o ponteiro….Por último, a ocupação dos tempos livres, que levava muitas mulheres a apurar os seus dotes no tocante às rendas e bordados… Enfim, toda uma panóplia de objetos de valor incalculável e que determinam a nossa identidade.

A todos os que nos ajudaram a concretizar este projeto o nosso reconhecimento.

IV Mostra Etnográfica “Fátima Verão”

Inserida nas Jornadas Europeias do Património e da comemoração do Ano Europeu do Património Cultural 2018, o Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego (RFCBM) vai promover a sua IV Mostra Etnográfica “Fátima Verão”, subordinada ao tema “O Povo que Vive no Rio… ou o Rio que Vive no Povo.”
Trata-se de uma actividade a realizar no dia 29 de Setembro às 16:00 horas, no leito do Rio Mondego junto à foz da vala (grande areal avistado da ponte sobre o rio em Formoselha), um local também ele património cultural e natural.
Será um espectáculo diferente do habitual, onde serão recriadas algumas cenas, hábitos e actividades do quotidiano das gentes da freguesia de Santo Varão. Será, acima de tudo, um momento de memórias, de relembrar tempos, de homenagear todos os que no rio viveram e compartilharam momentos.
Venham assistir e juntem-se ao RFCBM que também farão parte da festa! (Fonte: Facebook do Rancho Folclórico do CBM – Santo Varão)

Exposição ” Em defesa do património local”

Tal como já foi divulgado, no âmbito das Comemorações do Ano Europeu do Património Cultural 2018, às quais todas as freguesias do concelho de Montemor-o-Velho aderiram, a Liga de Amigos de Santo Varão vai realizar uma exposição que, não só evoca o património cultural local, como pretende sensibilizar toda a população para o interesse na salvaguarda do mesmo.

Esta exposição, constituída por peças consideradas patrimoniais/locais, vai estar patente ao público nos dias 29 e 30 de Setembro próximo no Centro Cultural de Santo Varão e conta com o apoio da Junta de Freguesia local.

Ano Europeu do Património Cultural

No âmbito das comemorações do Ano Europeu do Património Cultural 2018, ao qual a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho aderiu, através do associativismo concelhio, propõem-se, quer o Centro Beira Mondego ( via rancho folclórico) quer a Liga de Amigos de Santo Varão, realizar um conjunto de atividades locais, relacionadas com o seu património cultural, no dia 29 de setembro.

XX Festival de Folclore de Santo Varão 2018

folclore2018

Decorreu no 7 de Julho de 2018 o XX Festival de Folclore em Santo Varão. Congratulamo-nos com o êxito alcançado e felicitamos o Rancho Folclórico do CBM não só pela divulgação que tem feito das tradições e património imaterial da nossa terra, mas também pelo excelente trabalho de pesquisa, recolha e salvaguarda do mesmo.
Numa altura que se comemora o Ano Europeu do Património Cultural 2018, foi este evento uma forma muito enriquecedora e uma valiosa mais-valia para estas comemorações. Parabéns Rancho Folclórico na pessoa de todos os seus elementos.
(Fátima Tarrafa, 2018)

Concerto de Adriana Calcanhotto no CBM

adriana1

Aproveitando o seu regresso a Coimbra, no dia 1 de maio de 2018 o Centro Beira Mondego engalanou-se para receber a cantora e compositora brasileira Adriana Calcanhotto, considerada uma das mais importantes compositoras da música popular do Brasil contemporâneo pela variedade de estilos musicais que utiliza (samba, bossa nova, funk, rock, pop, baladas, etc.).

Adriana Calcanhotto está de novo na Universidade de Coimbra para dar concertos, para ensinar e para aprender. Leccionou o curso “Como escrever canções”, no qual foram abordadas temáticas como a especificidade da “escrita de canções” como uma atividade complexa, evolução do formato canção das origens ao tempo presente, estrutura e partes da canção e sentido e estrutura da canção.

adriana2